Geofísica em novo hotel



Uma equipa Morph iniciou ontem mesmo um programa de inspecção geofísica global num conjunto edificado que será transformado numa nova unidade hoteleira de charme, a nascer na zona da alta de Coimbra.

Vai nascer proximamente na Alta de Coimbra uma unidade hoteleira de elevada qualidade, na Alta de Coimbra, fruto de um projecto que antecipava já as necessidades oferta de hospedagem qualificada de uma área candidata (hoje confirmada!) património mundial da UNESCO.

A especial atenção deste projecto de hotelaria ao valor intrínseco do património histórico de Coimbra manifesta-se logo desde a fase de adaptação à função hoteleira dos dois edifícios de importante valor arquitectónico e histórico integrados no projecto.

Nestes termos, antecede a própria obra de adaptação uma fase de diagnóstico que visa caracterizar detalhadamente o edifício e o local em que se encontra, a fim de produzir informação decisiva acerca dos materiais, técnicas de construção e estado de conservação dos diversos elementos construídos. Esta informação, será crucial para a tomada de decisões acerca da intervenção subsequente de Arquitectura, a cargo da Plarq.

No terreno, a intervenção de diagnóstico da Morph interessar-se-á por caracterizar:

- os solos e estrutura geológica da parcela urbana em que se inserem os edifícios;

- a competência e estado de conservação das estruturas de contenção e muros de suporte pré-existentes no local; e

- as características específicas, materiais de construção, técnicas construtivas e fases de construção, remodelação e utilização dos próprios edifícios.




Notícias relacionadas:

Arquivo de Notícias